Voz Esquecida

Hoje deixei a boz na casa e durante horas não disse nada. Muita gente nem notou a diferença e outros pensaram que hoje estaba mais inteligente do que nunca e tão misterioso como se tivesse de guardar um segredo tão secreto como os níveis ocultos que levam até a Triforce. Falei com acenos, fazendo caretas e com os códigos universais para dizer sim e não e o.k. e hum-não-tenho-a-certeza e tal-vez-poderíamos-fazer-isso-claro e não foi necessário mais nada. Tentei telefonar a casa para ber se alguém me podia mandar a voz na hora do jantar mas claro que sem voz foi difícil explicar onde a deixara. Afinal aluguei outra para a tarde e era muito melhor que a minha original, mais luminosa e transparente, alguma cousa assim como falar atrabés dum dublador com um registo diferente ao original, e com opção de legendas por baixo com outros registos, mais ou menos intenso, mais rápido ou lento, etc… como um bom actor que definitivamente entende e assume o seu rol de impostura. Claro que soaba como um velho que imita o falar dum moço que está a imitar o falar dum velho. Confuso.

Como sempre.

Anúncios

Publicar um Comentário

Required fields are marked *
*
*

%d bloggers like this: