O Despertador do Frio

Não tenho tempo para falar. Serei breve. Todos os despertadores do mundo são fabricados no mesmo local, numa antiga mina de nome secreto e soberania indefinida, a 20 graus sob zero. Na fronteira entre a Rússia e a China e fora da vigilância de qualquer satélite. As diferentes companhias compram todos os modelos a este estranho provedor de preços ridículos. Depois só colocam os seus adesivos e marcas no metal. São construídos com o propósito de enfraquecer a população mundial. Um singelo truque: adiantam sempre e as noites são mais curtas. Dorme-se menos. 20 segundos de atraso diário é suficiente, é quase imperceptível no dia-a-dia, mas num ano são quase menos duas horas por noite. E é impossível dar-se por isso, a sincronização é universal. Enquanto dormes profundamente o teu despertador tira as suas patas mecânicas retráteis e atrasa todos os relógios da tua casa. Depois caminha até a mesinha-de-cabeceira e conta os dias que restam até o teu esgotamento total.

Deitar-se e acordar, logo será o mesmo.

As alarmas estão sobre mim e não tenho muito tempo. Lembrar-te-ei no amanhecer.

Anúncios

Publicar um Comentário

Required fields are marked *
*
*

%d bloggers like this: